publicidade
Sexta, 15 de Dezembro de 2017 - 06h26
5 resoluções alimentares simples que você deve adotar em 2018

O começo de um novo ano é marcado por infinitas promessas. Entre as metas mais comuns está adotar uma alimentação saudável. No entanto, atingir tal objetivo pode ser um enorme desafio para muitos. “Sem dúvidas, a virada de ano é uma ótima oportunidade para repensar e melhorar hábitos, mas é preciso ter muita força de vontade e determinação”, afirma Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis.

Para auxiliar quem deseja melhorar a alimentação em 2018, a especialista listou cinco dicas

Tome mais água - Segundo Cyntia, a água regula todas as funções do organismo, além de ser um dos itens mais importantes para a eliminação de toxinas e para o bom funcionamento do intestino. “Vale destacar que não devemos esperar a sede para beber água, uma vez que isso é um indício de que o corpo já está desidratado. O ideal para um adulto é consumir cerca de 35ml por kg de peso por dia, porém essa quantidade pode variar de acordo com o estilo de vida de cada pessoa”

Reduza ou elimine o consumo de carne de origem animal - Essa prática traz diversas transformações benéficas para organismo, que são notadas a médio ou longo prazo, como o aumento da imunidade, melhora no sistema digestivo e menor propensão de desenvolver doenças cardiovasculares. “Não basta apenas cortar ou reduzir o consumo de proteína animal, visto que faz-se necessário muita atenção com as substituições. Para que a melhora na qualidade de vida seja completa é preciso buscar fontes de proteínas vegetais que supram as necessidades do corpo e buscar orientação nutricional”, alerta.

Cuidado com as frituras e gorduras - É difícil quem resista ao pastel de feira, coxinha e batata frita. No entanto, os malefícios que a ingestão de alimentos fritos trazem à saúde são muitos “Entre eles, estão doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial, câncer e má absorção de nutrientes. É preciso evita-los controlando seu consumo”, orienta a consultora da Superbom

Aposte em frutas, verduras e alimentos funcionais - A especialista conta que além de serem uma fonte de fibras, vitaminas e minerais, os legumes, verduras e frutas contém fitoquímicos que possuem ação antioxidante, favorecem o emagrecimento e manutenção do peso bem como a prevenção de doenças. “Para completar, insira no cardápio alimentos como a chia, linhaça, amaranto, inhame e grão de bico. Assim, a saúde, energia e vitalidade estarão garantidas”.

Tenha mais atenção com os rótulos - Por fim, a nutricionista conta que os rótulos dos alimentos são de extrema importância, pois trazem ao consumidor todas as informações nutricionais a respeito do produto. “Quando a pessoa não checa essas informações, há um risco de consumir produtos vencidos ou substâncias químicas que fazem mal para a saúde. Por conta disso, mesmo com a correria diária, é fundamental ler o rótulo de tudo que se está levando para ser consumido em casa”, conclui.

publicidade


© Copyright 2014-2016 - CenárioMS - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: Ribero Design

(67) 9979-5354